Aquele Momento – Mensagem de André Luiz

Tiveste aquele momento de desânimo, quando teus ideais não eram compreendidos até pelos íntimos, e o látego impiedoso da crítica gratuita te marcou a alma com as dilacerações da ironia e da indiferença.

Entretanto, pouco a pouco, a Sabedoria Divina cicatrizou as feridas dolorosas e te sustentou no caminho repleto de pedras e espinheiros, para que teu amor e entusiasmo não faltassem àqueles que se dobraram ao peso do infortúnio.

Tiveste aquele momento de revolta, quando a dor lancinante te consumia os recessos do organismo, e a enfermidade repentina te interrompeu os passos ágeis nas realizações mais profícuas.

Contudo, pouco a pouco, a Misericórdia Divina te devolveu a esperança e asserenou teu coração impregnado de amargura, para que prosseguisses a jornada com os recursos possíveis.

Tiveste aquele momento de aflição, quando o sopro da morte apagou a presença física do familiar mais querido, e as horas amargas da solidão te invadiram as longas noites de vigília.

No entanto, pouco a pouco, a Bondade Divina te estancou as lágrimas de angústia e revestiu de paz os olhos vermelhos de saudade, para que tuas mãos permanecessem estendidas aos necessitados de apoio.

Tiveste aquele momento de dúvida, quando interesses transitórios minaram teu esforço de renovação íntima, e o brilho ilusório da vaidade te ameaçou as tentativas de crescimento espiritual.

Todavia, pouco a pouco, a Providência Divina te encorajou à transformação moral e te apontou a luz das verdades eternas, para que cultivasses a fé viva no Alto e não caísses em tentação perante as vitórias fáceis.

Tiveste, sim, muitas vezes, aquele momento infeliz. E, tantas vezes, notaste que o Poder Divino te amparou com amor e paciência.

Em qualquer circunstância, pois, lembra-te do Senhor como o Pai Amantíssimo que sempre esteve contigo na esteira dos milênios e, guardando no coração a alegria e a esperança, deixa que teus lábios sussurrem com devoção e ternura:

– Eu sou filho de Deus.

(Mensagem Extraída do Livro “Vivendo a Doutrina Espírita” – Volume 1 – Ide Editora).

Post Author: ideeditora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *